logomarca
image-top

Cofissões

CERTAMENTE VOCÊ SE EMOCIONARÁ AO LER A LETRA DESSA MÚSICA, EMBORA ELA ESTEJA EM ALGUM CANTO DE SUA MEMÓRIA.

Cofissões

Confissões

  Martinha

Eu quero te contar

Dos mares que eu cruzei

Num barco de papel

Dos ares que eu voei

Sem conhecer o céu

Eu quero te contar

Das portas que eu fechei

Das luzes que apaguei

Dos copos que quebrei

Janelas que eu abrir

Do quanto eu já fui rei

Do que me escravizei

Do muito que já sei

Do pouco que eu vivi

Dos lírios que eu reguei

Das terras que eu arei

Do verde que eu plantei

Das coisas que eu colhi

Dos homens que eu matei

Mulheres que eu nem sei

Crianças que eu deixei

Dos velhos que eu sorrir

Dos galhos que eu quebrei

Dos tombos que eu levei

Das brigas que eu comprei

Amigos que eu não fiz

Do ouro que eu ganhei

Da esmola que eu não dei

Do frio que eu passei

Das vezes que eu ferir

Eu quero te contar

De tudo que eu não quis

De como eu me refiz

De quem fui aprendiz

De como ser feliz

Eu quero te contar