logomarca
image-top

Revistas

MARTINHA MARCOU HISTÓRIA SENDO CAPA E DESTAQUE EM DIVERSAS REVISTAS, AQUI VOCÊ CONFERE ALGUMAS DELAS.


Revista Contigo Nº 50. Novembro De 1967. Está Garota É Barra Limpa. Até O Mês Passado Todas As Emissoras De Rádio Do Brasil E O Ibope Registravam Um Fato Inédito Na História Do Disco Em Nosso País: Pela primeira Vez Uma Mulher Liderava A Venda De Compactos De Norte A Sul E De Leste A Oeste, Com Uma Composição De Sua Autoria, Chamada "Eu Te Amos Mesmo Assim". Tratava-Se De Martinha. Pág.. 3
Revista Romântica Nº 95. Mande Postais Da Onda! Cartão Postal De Brinde - Martinha.
Revista Contigo Nº 76. Os Artista Também Criam Os Seus Bichinhos De Estimação. O "Queijinho De Minas! Tem Dois Cachorros Que Adora. Mansinhos E afáveis, Preferem Fugir Para A Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, Em Lugar De Desempenhar Suas Funções De Vigia. Pág.. 8
Revista Contigo Nº 110. 8 Milhões De Saudade. Uma Grande Paixão, Muitas Vezes, Chega A Sair Cara Demais, Quem Pode Confirmar É A Martinha, Sua Viagem Aos Estados Unidos, Onde Ficou Mais De Um Mês, Só Porque Morria De Saudades Do Noivo Deixado No Brasil, Ela Telefonava Quase Todo Dia Para Ele. Pág.. 4
Revista Contigo Nº 110. Quero Casar De Véu E Grinalda. Desta Vez Parece Que Martinha Encontrou O Verdadeiro Amor De Sua Vida. Ela Anda Fazendo Muitos Planos Para O Futuro E, Aqui, Fala Um Pouco De Todos Eles. "...Meu Maior Sonho Agora, É Viver Com O Homem Que Amo.." Pág.. 16 e 17
Revista Contigo Nº 63. Dezembro De 1968. As 10 Mais De Contigo. Aqui Os Sucessos. "Por Quem Estou Apaixonada" O Queijinho De Minas Com Suas Músicas Românticas E Tristes, Está Nas Paradas De Sucesso, Está Música, De Autoria Da Própria Martinha, faz parte Do Seu Mais Recente LP. Pág. 36
Revista Contigo Nº 99. "Quero Amar Outra Vez! Eu Quero Viver, Ser Feliz E, Acima De Tudo, Voltar A Amar!" Pág.. 14 e 15
Álbum Sempre Brasil. Anos 70 - Ed. Sadria. Presidente Da República, Os Símbolos Da Pátria, Nossos Ministros, Nossas Forças Armadas, Nossos Estados, Pontos Turísticos E ídolos Da Juventude, Martinha, Faz Parte Dessa História. 273 É A Sua Figurinha.
Revista Capricho Nº 360. Agosto de 1974. Voltando De Vitoria Excursão À Argentina, Martinha Encontrou Sua Música "Como Antigamente" Entre Os Discos Mais Vendidos, Para Ela, Isso Não Constitui Nenhuma Novidade, Pois Seus Discos Sempre Foram Bem Recebidos Pelo Seu Grande Público, Aqui E Nos Países a América Do Sul. Pág.. 57
Revista Intervalo - Álbum Gigante. O Astro E Os Astros. Câncer 21 De Junho A 21 De Julho. Martinha Nasceu Na Capital Mineira, No Dia 30 De Junho, Durante O Primeiro Decanato De Câncer. Pág.. 7